sábado, 4 de abril de 2009

Desabafo!

Vamos supor que nada mais faça algum mínimo sentido hoje, e que o motivo de eu estar tremendo agora ao escrever esse texto, seja simplismente por mais uma noite fria.
É... deixa eu ver...
O que eu posso falar? Como que eu posso falar?
(Calma aí, deixe-me acender um cigarro...)
É... enfim, eu nunca estive tão só quanto estive nesses dias. Nunca foi tão difícil entender os meus sentimentos, por mais que eu pense, por mais que eu sofra, eu continuo prolongando uma dor que se eu parasse por um instante, pra olhar pra dentro de mim, eu conseguiria sentir essa dor bater mais forte que meu coração.
Não sei, talvez seja por esse motivo que eu não estou conseguindo, meio que viver intensamente, sabe? Ou não? É tão difícil de explicar, algo que você nem sabe como que funciona direito.
Eu sempre achei que sabia tudo sobre o amor, então, criei regras pra não me machucar, mundos paralelos, onde eu só via o que eu queria ver, pra não sentir remorso de atitudes impensadas, precipitadas na verdade, aliás, na verdade eu não sabia nada... haha. Na verdade eu só queria ser feliz, como os personagens dos mais lindos filmes de romance que eu já vi, e comédia romântica também.
É engraçado como, vendo agora de fora, perceber como eu me entreguei completamente e intensamente á esse tal de "amor". Aquela pessoa que sem limites, sem pudor, sem medos, sem pretenção de achar alguém que pudesse mudar completamente o rumo de sua vida, se tornou uma pessoa tão besta, carente, e quem sabe eu não possa falar... feliz até.
É clichê ver o amor dessa forma, tão inocente, tão pura, mas às vezes, eu penso que é o único jeito de ver e se viver o amor, vai saber...
(Calma aí, eu vou acender mais um cigarro...)
Vou compartilhar uma frase agora que, digamos, me ajudou bastante vai. "É preciso ter paciência pra ter paciência".
Ah, chega de conversa e lero lero - que forma mais imbecil de se expressar, né? - mas é que me deu uma paz escrever tudo isso, que eu gostei do "lero lero" haha. Eu vou dormir porque eu tomei um susto quando olhei pra jenela, já amanheceu e eu aqui.
Peraí, deixa o cigarro acabar...

Um comentário:

glaaau disse...

Desabafo, pode ser bom quando é bom!

http://glaauwonderland.blogspot.com